a minha pesquisa---

Custom Search

15 março 2017

Em busca da vida...


Quando o amor é forte, ficará sempre marcado no coração, mesmo que se desmorone perante os olhos a dor consegue ser muito mais forte.
Será difícil voltar a confiar, voltar a ter cumplicidade, até mesmo se entregar completamente para uma felicidade infinita.
Eras para mim a perfeição do imperfeito, continuo à espera de cair nos teus braços e nunca mais quereres sair do meu coração.
Vou percorrendo os meus dias, contando todos os segundos, ao encontro da minha vida, quando só consigo encontrar tantos obstáculos, que me vão deixando com mais força para encarar tudo e todos, em busca de uma felicidade, que ao mesmo tempo é uma vida difícil de viver, e que, ficará completa quando nos amar-mos a nós próprios e principalmente nos deixar-mos amar e ser amados, tanto como na amizade, na paixão, na sinceridade, na cumplicidade e ainda mais na confiança.
Em busca da nossa própria vida, é ir vivendo com a autoconfiança de que tudo somos capazes e tudo conseguimos alcançar, com tudo aquilo que possamos alcançar, apreender do passado e do presente, traçando os caminhos correctos e com o bom senso de contornar tudo e todos da melhor forma, que cada um de nós acredita ser o melhor.
A alma e o coração, são os nossas armas mais fortes perante a vida, basta usá-las correctamente.
Saber viver, é admitir que todos os dias possamos acordar e saber que haverão todo o tipo de sentimentos com uma diversidade tal, e, com os quais devemos compreender na primeira pessoa e ultrapassarmos, com a apreensão do que já passamos, de forma a saber melhorar o confronto dessas mesmas adversidades do dia.
Num único dia podemos sentir ódio e amor, tristeza e felicidade, entre os demais sentimentos opostos que possam acontecer.
Por isso encontremos a nossa vida no dia a dia, utilizando toda a sabedoria e bom senso apreendida até o dia de hoje.
Vivamos o presente, pensando no futuro, mas focando apenas nos diversos adversos do momento.

By Lilly